Carnival Inspiration🎭🍹🎉

20140227-135449.jpg

O carnaval está chegando 👏👏🎉 eu preparei uma pequena e particular festa em minha casa 😹😹 eu e Antonito nós disfarçamos , eu de Carmen Miranda e Antonito de sambista de gafieira 😹👏👏

20140227-140352.jpg

20140227-140549.jpg

Ebaaaa carnaval , sol e muita alegria , e nesses dias é bom pra cometer algumas gafes , mas com uma mascara , assim ninguém vai saber quem é haha😹😹😹👏🎉

20140227-140759.jpg

20140227-140942.jpg

Uma música de carnaval que eu adoro ! 😹👏 mamamama mamãe eu quero mamãe eu quero , mamãe eu quero mamar 😹😹😹😹😹😹

20140227-141258.jpg

Muitas canções de carnaval , e machinhas dos anos 80’s que ainda fazem muito sucesso , uma pena que não tenha muitas festas estilo baile como antigamente. 🎭🎉

20140227-141455.jpg

20140227-141547.jpg

20140227-141603.jpg

20140227-141619.jpg

20140227-141635.jpg</

Olla ai Antonito que lindo está de sambista de gafieira 😹👏🎉

20140227-141820.jpg

20140227-141853.jpg

20140227-141906.jpg

Carmen Miranda eu sou 😹👏🎉🎭

20140227-142017.jpg

20140227-142103.jpg

20140227-142214.jpg

20140227-142254.jpg

20140227-142311.jpg

20140227-142337.jpg

20140227-142429.jpg

Comemorado em Portugal desde o século XV,1 o entrudo foi trazido pelos portugueses para a então colônia do Brasil e em finais do século XVIII1 era já praticado por todo o território. Consistia em brincadeiras e folguedos que variavam conforme os locais e os grupos sociais envolvidos. Com a mudança da corte portuguesa para o Rio de Janeiro, surgiram as primeiras tentativas de civilizar a festa carnavalesca brasileira,1 através da importação dos bailes e dos passeios mascarados parisienses, colocando o Entrudo Popular sob forte controle policial. A partir do ano de 1830, uma série de proibições vai se suceder infrutífera, de acabar com a festa grosseira.

Em finais do século XIX, toda uma série e grupos carnavalescos ocupam as ruas do Rio de Janeiro, servindo de modelo para as diferentes folias. Nessa época, esses grupos eram chamados indiscriminadamente de cordões, ranchos ou blocos. Em 1890, Chiquinha Gonzaga compôs a primeira música especificamente para o Carnaval, “Ô Abre Alas!”. A música havia sido composta para o cordão Rosas de Ouro que desfilava pelas ruas do Rio de Janeiro durante o carnaval. Os foliões costumavam frequentar os bailes fantasiados, usando máscaras e disfarces inspirados nos baile de máscaras parisienses. As fantasias mais tradicionais e usadas até hoje são as de Pierrot, Arlequim e Colombina, originárias da commedia dell’arte.

20140227-143455.jpg

20140227-143620.jpg

O carnaval é uma das principais festas do Brasil, ocupando lugar de destaque entre diversas camadas da população e da mídia. Em São Paulo, teve sua origem ligada à manifestação do entrudo, uma brincadeira na qual os foliões atiravam água e outros líquidos entre si, existente desde o século XV. Por volta de 1870, a maneira como a população divertia-se no período carnavalesco passou a apresentar mudanças decorrentes do enriquecimento proporcionado pela expansão cafeeira. A formação do carnaval popular paulistano tem como base fundamental as festas de caráter religioso-profano das pequenas cidades interioranas nas quais a população pobre manifestava-se por meio de suas danças e músicas, o primeiro cordão carnavalesco paulistano foi criado por Dionísio Barbosa em 1914 e chamava-se Cordão da Barra Funda (posteriormente Camisa Verde e Branco). A influência dos cordões foi determinante para as primeiras escolas de samba de São Paulo na mesma medida em que os ranchos influenciaram as escolas cariocas. Atualmente, em São Paulo e em várias grandes e pequenas cidades, as escolas de samba fazem desfiles organizados, verdadeiras disputas para a eleição da melhor escola do ano segundo uma série de quesitos. Com o crescimento vertiginoso dessas agremiações o processo de criação se especializou gerando muitos empregos concentrados, principalmente, nos chamados barracões das escolas de samba.

O Carnaval de Salvador é repleto de vários cantores famosos que se apresentam-se em cima de trios elétricos exemplo de: Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Daniela Mercury, entre outros artistas, onde também ocorre desfile de blocos afros. Onde a festa ocorre em três circuitos carnavalescos.

O carnaval de rua do Rio de Janeiro, cidade que fundou o carnaval de rua brasileiro, figura no Guinness Book como o maior carnaval do mundo, após ter permanecido durante décadas no marasmo.

20140227-143735.jpg

20140227-143749.jpg

Carmen Miranda, (Portuguese pronunciation: [ˈkaɾmẽȷ̃ miˈɾɐ̃dɐ], 9 February 1909 – 5 August 1955) was a Portuguese-born Brazilian samba singer, dancer, Broadway actress, and film star who was popular from the 1930s to the 1950s.

Miranda began her singing career in Brazil in 1929 where she was a major star before moving to the United States. In 1939, she performed on Broadway on which led to a Hollywood film career in 1940, with her first film Down Argentine Way.Nicknamed “The Brazilian Bombshell, Miranda is noted for her signature fruit hat outfit she wore in her American films, particularly in 1943’s The Gang’s All Here. By 1945, she was the highest paid woman in the United States.

Miranda made a total of fourteen Hollywood films between 1940 and 1953. Though hailed as a talented performer, her popularity waned by the end of World War II. She later grew to resent the stereotypical “Brazilian Bombshell” image she cultivated and attempted to break free of it with limited success. Undaunted, Miranda focused increasingly on her nightclub appearances, also becoming a fixture on television variety shows—indeed, for all the stereotyping she faced throughout her career, her performances made huge strides in popularizing Brazilian music, while at the same time paving the way for the increasing awareness of all Latin culture.

Carmen Miranda was the first Latin American star to be invited to imprint her hands and feet in the courtyard of the Grauman’s Chinese Theatre in 1941. She is considered the precursor of Brazil’s Tropicalismo, cultural movement of the 1960s.

A museum was later constructed in Rio de Janeiro in her honor, and in 1995 she was the subject of the acclaimed documentary Carmen Miranda: Bananas is My Business.

20140227-144049.jpg

20140227-144914.jpg

20140227-144959.jpg

20140227-145036.jpg

20140227-145222.jpg

20140227-145253.jpg

Que todos se divirtam neste carnaval queridos , um beijo e ate a proxima 😍😎🎉👻 Eu e Antonito estamos jà preparados para a grande festa. 🎭

Angelica Ferrer se fantasia mais ou menos como Carmem Miranda 😹👏🌹 e Antonito de homen da gafieira 🌹 photos feitas em casa . 🌿

Hasta lá vista baby😎

Advertisements